Translate

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Não sei como cuidar de mim...

A verdade é que estou com muito medo. Não sei o que fazer pra me sentir melhor no mundo. Não quero passar minha vida inteira angustiada sofrendo. Tenho depressão desde criança e não faço ideia do porquê. Não perceberam, não puderam me ajudar, isso piorou na adolescência e agora está insuportável na fase adulta. Não tenho mais dinheito pra ficar pagando psiquiatra. Não posso ficar gastando muito dinheiro com remédio todo mês. Não sei o que devo fazer. Não sei como vou me curar disso. Hoje tenho diagnóstico de tranastorno bipolar e tdah mas isso é só um nome o pior São meus vicios e meus medos. Tenho vergonha de falar como estou. Tenho vergonha de ser assim. To cansada dessa angústia e ansiedade. Nunca tiraria minha vida. Isso mataria muita gente que me ama. Mas é muito difícil viver estando morta. Não sei o que fazer...  Não sei pra onde correr. O tempo está passando e eu não consigo progredir em nada.  Não consigo ter uma vida como a dos outros. Tenho medo de nunca conseguir. Não sei da onde vem toda essa dor...

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

05.12.16 #gratidão #vitórias #vamosmudar

#gratidão

Obrigada pelo namorado maravilhoso; pela saúde da minha mãe que amanhã completará mais um ano de vida, pela nova aluna que minha prima indicou e que está me salvando financeiramente.

#vitórias

Comprei um mp3 pra começar a caminhar,  chega de me sabotar,  eu nunca ia começar enquanto não fizesse isso, comprei de 40 reais no cartão de crédito mas o bicho já pifou, arriegua. Kakaka

Comprei legumes e frutas pra fazer meu suco saudável. Dessa vez pela primeira vez não estragou. Bebi meu primeiro suco detox. Kakaka

Vim dormir na vovó.

#vamosmudar

Chega de ritalina. Chega de choro. Chega de virar a noite. Chega de chegar atrasada.

sábado, 3 de dezembro de 2016

A Mente Na Velocidade 5 do Creu

Ia começar escrevendo "olha que leseira" mas um dos meus novos objetivos principais é parar de me criticar, pois depois de tudo que li ouvi e assisti comecei a acreditar que  alimentar pensamentos negativos de si mesmo não faz bem a mente, não faz bem ao cérebro. Cérebro?  Meu jeito de falar da coisa. Sabemos como dois mais dois que por exemplo fumar cigarro influencia negativamente o pulmão e que algumas pessoas morrem sem nenhum doença no pulmão ja várias outras adoecem como consequência dessa relação. Aí a pessoa para de fumar pois não quer adoecer , pois a doença causa muita dor pode levar o corpo a morte total das células. Aí vieram falar do pensamento, de como ele afeta diretamemte na nossa mente, digamos como ele tem poder para determinar a vida de alguém e se ele tem esse poder , onde entram os transtornos? Qual relação?  Essa depressão que é  definida como uma simples fase da minha "doença " tab2, afinal, eu estava simplesmente predestinada a isso? Estava no meu dna? É algo meu? Eu adquiri? Eu busquei?  Eu permiti? E simplesmente não tem nada que eu pudesse fazer para ter evitado isso? Nada que eu vivi, senti e pensei tiveram relação com meus sintomas de depressão?  Sintomas que começaram a piorar aos 12 anos com a bulimia e o primeiro contato com o álcool. Bom, eu queria, eu precisava de ajuda, eu procurava algo, eu buscava amigos desesperadamente,  eu queria um grupo bem visto e queria ser aceita. Eu não tinha referência nenhuma de pessoas mais velhas, nunca quis ser como ninguém da família, pq minha mãe ausente,  só gostava muito das festinhas da escola, adorava bater fotos e gosta até hoje, ela não tem culpa de nada mesmo, ela fez o máximo que pôde,  assim como meu pai, minha vó era o ser humano mais lindo do mundo com defeitos claro, mas era ela que deveria ter sido a referência,  ela, desde o começo era ela, mas eu não conseguia ver assim, eu via como idosa rígida e chata. Ela não era muit delicada,  e eu de uma sensibilidade extrema não sabia reagir bem ao seu jeito mandão de gritar. Hoje quando eu lembro tudo que ela era contra e todos os conselhos dela que eu recusei fico muito espantada mesmo pensando "como ela sabia de tudo"? Amizades,  horários,  calçada,  ponto de ônibus, decisões,  orfanato, estudo,  escola,  curso, influência,  serviço social, pedagogia, universidade, formação,  profissão,  salário,  aulas particulares,   cambeba, joquei, apartamento, sozinha, depressão,  farias brito, solidão,  6andar, medo, paixão, amor não correspondido, estudos não correspondidos às ezpectativas, depressão,  choro,  turma, tarde, coca cola, bulimia, nova amizade, Eva, anjinho com problemas também,  muita coisa gente, muita coisa, eu naquele sexto andar e naquele mesmo ano suicidou uma garota da minha idade com os sintomas idênticos ao meu diagnostidads com transtorno bipolar pulando do 6andar do seu prédio. A mãe gritava no caixão,  nunca esqueci,  mesmo não estando presente na cena, pois pude fazê-la imagem e vejo e revejo até hoje, a mãe abracada no caixão ( eu fazia  enfermagem)   dizia chorando muito e desesperada gritava "filha tudo bem, não precisa ir pra faculdade,  Não precisa ir,  pode ficar em casa, não tem problema filha,  só volta pra mim" e eu o que era que eu mais queria naquele momento de dor de depressão profunda depois da interrupção por mim mesma do fluoxetina que eu tomava para bulimia e que não fazia a minima ideia que era um antidepressivo, e mesmo que eu soubesse eu não sabia ainda quais as reais consequencias, lembrando que quando comecei a tomar fluoxetina e  fazendo anotação do q eu comia. Diminui a compulsão o vômito emagreci 8 kg em um mês,  e aquele emagrecimento começou a me proporcionar uma nova dinâmica pois de fato na época eu vomitava com medo de engordar, eu comia tudo mesmo tudo nescau puro compulsivamente,  era o meu refúgio,  servia pra aliviar, pra satisfazer algo que não sabia o q era, comecei a namorar,  ele me ajudou no processo bastante, auto estima melhorou, veio uma sensação muuuito boa e uma euforia não posso contonuar falando pq eg muita história mesmo.
E afinal o titulo era de uma postagem anterior q escreveu mas acabei distraindo e não enviei. Aí nem lembro mais o q era era falando q não paro de pensar mesmo e ia tentar cuspir aqui valei mi Deus não estudei e nem avisei....bjs diszisnwubeehiwis

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Quero levantar amanhã!

Orando... Senhor preciso levantar amanhã mesmo cedo mesmo que eu esteja morrendo de sono. Preciso levantar senhor!  Quero diminuir os ritalinas. Quero levantar com apenas um ritalina. Senhor me ajude. Quero me livrar desses ritalinas. Quero uma vida saudável. Obrigada por tudo,  obrigada por me amar, espero que esteja cuidando bem da Dona Fê.

Drogas

Alguns ritalinas
75mg venlafaxina
Comprimido de colágeno
2 comprimidos de vitamina
NENHUM torval

1 ano sem vovó Fê

Saudades...

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Conquistas da Semana

Banho de manhã cedo com direito a xampu e condicionador.

Comprei venlafaxjna,  tava 7 dias sem tomar.

Fui pro estágio da faculdade mesmo com cara de choro.

Fiz 15 minutos de exercício localizado.

Consertei o retrovisor que estava ha três meses quebrado pendurado fora  do carro.

Visitei a Thay e o Teo.

Banhei minha Pink minha cadela amada! PS. Essa foi minha maior conquista, ela precisa de alguém q cuide dela

Meditação e Yoga

Deixando o preconceito de lado e buscando tratamentos alternativos...

Aceito sugestões e opiniões.
Meditação é 0800
Psicoterapia não posso pagar.
Estou pesquisando Yoga, parece que uma senhora oferece com preço popular próximo ao meu bairro.

Estou querendo mudar de médico. Não posso pagar 300 reais por mês. Minha crise atual me fez perder alunos e estou atualmente ganhando 700 reais por mês.     Não posso ficar comprando esses remédios caros. Eles me foram uteis mas não posso ficar pra sempre enriquecendo  a indústria farmacêutica,  apagar sintomas não significa que estou curada, minhas diversas crises mesmo tomando remédio só prova isso.

Ontem tive uma melhora,  hoje também estou melhor. Tenho q aproveitar essa coragem de levantar da cama pra da um passo maior. Tenho muita coisa pra resolver. Tenho mil pessoas pra ligar e pedir desculpas. Não vou mais me sentir culpada ao ponto de ficar paralisada.

Tenho que falar com Aline, nao fui ao casamento dela. Não fui pro aniversário do PV,  tenho que falar com os professores.  Vai ser duro mas vou conseguir. 

#euprecisomeamar #euprecisoserminhamelhoramiga #euprecisomepegarpracriar #euprecisomecuidar #umdiameamareimuito

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Raridade: uma nova amizade

Apesar da amizade existir em relação eu posso dizer que descobri sim uma nova amiga. O engraçado disso e que essa minha nova amiga não me conhece mas mesmo assim a considero minha amiga pois ela faz o que só uma grande amiga faria:                    Ela me ajuda e se preocupa comigo.  Aliás ela está me ajudando tanto que tenho certeza que se ela soubesse disso ficaria ainda mais feliz.

Minha nova amiga se chama Ana Maria Saad e depois falarei mais dessa minha nova amizade...

EXTREMAMENTE ATRASADA! Alguma novidade?

Mais de meia hora atrasada. Com medo e muita vergonha das reações da professora e das meninas. Até quando? Quando vou mudar? Quando conseguirei essa tal amiga Di na minha vida?!

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Eita menino... é menino!

Após 28 anos vou ter mais um irmãozinho. Já tenho um de 10 anos por parte da minha mãe de 46 anos com seu marido insuportável de 56 anos. E agora minha madrasta de 24 anos vai ter o primeiro filho homem do meu pai, o maior sonho dele desde a descoberta da gravidez da minha mãe. Sonho realizado. O Nicolas vai ter mais sorte do que eu, vai ter família, eba! Chega de drama e cafonice. Eca meleca. Que venha com muuuuuita saúde. ♡

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Chega de Pensamentos Suprimidos

Não estou fazendo o que deveria fazer nesse blog. Meu objetivo era jogar meus pensamentos livremente falar tudo tudo tudo que penso e que sinto com a maior frequência possível de preferência todos os dias com o objetivo de descarregar desabafar. Afinal aqui não é a minha terapia? Meu aplicativo me permite escrever sem ao menos precisar entrar no blog, mas, sempre ficava com medo de escrever pois eu pensava mas se tiver la algum comentário das minhas amigas a Senhora do Trevo e a Luciana?!?! Se la tiver e eu simplesmente escrever aqui elas podem achar que não quis responder. Aí em seguida pensava pois vou la olhar responder e depois escrever aí pensava vish mas isso vai demorar e pode atrapalhar ainda mais meu tempo atrapalhado. Então o que eu faço para não perder tempo e não desaponta-las? Melhor deixar pra depois escrevo quando tiver tepo de antes ler e responder. Isso me paralisava. E esse tempo nunca chegava. E acabei deixando o blog de lado e não desabafando como eu queria. Hoje pensei se minhas amigas soubessem desse meu pensamento louco e confusa elas puxariam minha orelha. São tão louca que por saber que duas pessoas queridas leem meu blog fico receosa de escrever tudo com medo do que elas vão pensar. Mas isso vai mudar. Pois tenho consciência que independente do que minhas duas amigas Do Trevo e Lu pensem elas querem no fim das contas o meu bem o meu desabafo pois isso é tudo que mais quero a elas, estamos aqui juntas unidas por um mundo melhor com mais saúde mental para as pessoas. A partir de agora escreverei as loucuras mais piradas que surgirem na minha mente. PRECISO escrever. NECESSITO escrever. Vou agora mais do que nunca escrever e jogar todo esse cocô interno para as teclas desse celular para a página desse aplicativo chamado BLOGGER. Contagem regressiva... 1 2 3 e ja que comecem a sair de mim todas as merdas de todos os pensamentos negativos para cá!  Viva!

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

desabafos confusos aos ventos

Mais um dia daqueles mais uma noite sem dormir mais um milhão de comprimidos. Sinto que estou me matando. Tenho medo que um dia algo trágico aconteça e que eu seja a culpada, não me perdoaria fazer minha familia sofrer, mas como isso é possível se não farei ideia do que fui. Sinto vergonha de ter chegado a esse ponto. Tudo começou na faculdade no semestre que eu peguei mais cadeiras do que eu suportava. Por que eu criei essa ansiedade com a faculdade? Da crianca destaque da escola daadolescente  cheia de amigos e entre os primeiros lugares a uma universitária  confusa insegura sem ânimo  sem rumo? Quando chega a noite vem a criatividade e aquela vontade de não dormir para aproveitar cada segundo desse meu estado de ânimo. Tomo ritalina pois o meu ritmo não acompanha o ritmo da maioria. Preciso de muitas horas de sono pra me sentir bem.Umas nove horas seriam ótimas. Mas não  posso. Faculdade, trabalho, estudo pra concurso, familia, namorado, TOCs organizacionais se somam e me deixam perdida por perceber que mesmo dormindo pouco não consigo cumprir com minhas obrigações. Talvez se o mundo funcionasse a noite eu teria mais êxito. Mas não adianta pensar no talvez. O mundo começa as seis da manhã.  E muitos até antes disso. Preciso do ritalina pra acordar, pra levantar, pra tomar banho,  pra ir a faculdade,  pra ir pra academia, pra ensinar, pra estudar, pra não dormir na sala de aula, pra ver familiares (às vezes é difícil ),  pra não ficar com medo de perder o efeito e voltar a ser... eu. QUEM SOU EU MEU DEUS? Quem é Deus? Por que sempre tive dificuldade de acreditar nesse Deus da bíblia e ao mesmo tempo medo de não acreditar?  Sou fã de Jesus Cristo, o ser mais inteligente e verdadeiramente humano que esse mundo já teve, na minha opinião. Mas não consigo me submeter a nenhuma religião apesar de respeita-las e de buscar conhecer sempre um pouquinho mais delas.
Hoje eu bati o record de ritalinas. 

Sinto vergonha de ter me tornado essa pessoa. Essa semana uma das minhas melhores amigas a Nanda disse que não se conformava de eu ter escolhido um curso tão inferior ao meu potencial. Pra mim não existe questão de superioridade entre as áreas. Mas ela se referia a medicina. Quando tentei  medicina uma única vez fiquei no 36o dos classificaveis na federal daqui. Eu não estudei pra fazer a prova. Na época eu fazia enfermagem, tranquei, fiz dois meses de cursinho e pronto. Foi por pouco. Pena eu estar numa fase hipomaniaca que me fez ficar saindo pra balada todos os dias ao invés de ficar estudando pra segunda fase. E esse foi o resultado, não passei mas provei pra mim e pra todos da família que bastava eu estudar e passaria. Isso aconteceria no ano seguinte quando ganhei 100 por cento de bolsa no melhor cursinho do meu estado. Mas não  deu... Não  deu... Não deu... veio a depressão. Pena que eu não fizesse ideia do q tava acontecendo comigo. Pena que ninguém da minha família soubesse o que era depressão. Pena que ninguém entendesse e nem pudesse me ajudar. Eu precisava. Sozinha não dava. Na verdade, deu. Mas demorou dois longos anos e meio para eu me erguer mais uma vez e outras fases 8 e 80 vieram... To sobrevivendo. Mas tudo que imaginei ja foi pro ralo. Médicos sem fronteiras? Era uma vez um sonho... ver hoje todas aquelas pessoas que eu ensinava na escola e cursinho (nossa turma era específica pra medicina) fazendo faculdade se formando. Esse ano mais uma doutora da minha vida, minha amiga amada Roberta só me faz lembrar o quanto a minha falta de inteligência emocional atrapalha minha vida. Afinal, por que eu sou assim? Nasci assim? Me tornei assim? O que o meu nascimento e a minha história de vida têm a dizer? De que maneira os psicofarmacos que tomo há dez anos podem estar influenciando em novas formas de ser?  Enfim, onde estava? Ah...
Eu com ritalina sou lenta e levemente produtiva. Eu sem ritalina sou ninguém. Não que eu me considere ninguém. Apenas o mundo não aceita alguém que gosta de dormir rsrsrsrsr hahahaha. Brincadeira. Eu sinto muito sono e não sei lidar com isso. Tenho vergonha de sentir sono. Sou muito rotulado por causa disso. O problema era que antes bastava um ritalina pra acordar. Agora tomo dois só pra acordar ou até mesmo três. Fora os outros milhares ao longo do dia. Já to até preocupada pq só tenho uma caixa agora e já tenho que marcar o doutor número 2 o doutor Eros. Pq se eu for no doutor 1 o doutor Carlos, ele vai descobrir tudo, e se ele quiser parar com a medicação eu não vou conseguir me formar e minha vida vai regredir ainda mais. Preciso me formar. O que Freud diria sobre isso? Ele diria que existe um desejo de não terminar a faculdade no meu inconsciente?  Por que seria? Segundo Freud sou neurótica até a tampa. Se não existe cura pra isso o que fazer então? Não durmo, não como direito, não vou pra academia que paguei há duas semanas, não consigo me organizar. Não consigo ser saudável. Não consigo relaxar. Não sinto pena. Sinto vergonha do meu EU. Por isso evito as pessoas e meu melhor amigo não sabe disso não tem ideia e imagina o pior de mim. Tenho vergonha das perguntas q ele faz mesmo sabendo do seu amor e de sua preocupação comigo. Tenho vergonha de contar pra ele, o motivo de eu estar tão distante. Quando ele pergunta do tempo q falta pra eu me formar e eu lembro que todos os meus amigos estão formados trabalhando e alguns até casados não que eu queira casar mas no sentido que eles já têm casa hahaha CASA meu sonho de consumo... ja relatei sobre minha casa? Relatei que foi alugada que meu pai casou foi pro interior e estou morando com minha avó?  Pertinho da minha mãe. Amo estar perto delas mas preciso do meu canto. Preciso investir preciso juntar dinheiro logo pra comprar minha casa.  Saudade da minha vó paterna,  seria bom estar morando pertinho dela também. Ela aqui na frente gritando na minha janela OH NATTAAAAASHA hahaha que sonho. Espero reencontra-la. Vô te amo. Desculpa por tudo. Obrigada por tudo. Eu te perdoo por tudo e entendo quando não quis que eu nascesse, entendo mais ainda o seu amor por mim que só fez crescer conforme eu ia crescendo. Cuidou de mim em todos os momentos,  em todas as horas, até o seu último suspiro. Desculpa ter pego suas tintas la na vovô sem avisar, ninguém   vai usar, é uma forma da gente se conectar, pintura, artesanato, reciclagem e costura. Pena não estar aqui pra me ajudar, pois sou muito ruim vó,  costuro muito torto, mas vou melhorar com o tempo.
Ah hoje é um dia especial : dia em que eu APRENDI A ANDAR DE BICICLETA :))))))))
TE AMO DONA FÊ
Você sempre fará parte do meu passado, presente e futuro. Um dia vou querer ter um filho e assim poderei ter uma neta e ensinar tudo que me ensinou.

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Mãe da Minha Mãe

Sabe a minha mãe? Então, sou mãe dela desde os meus 14 anos, digamos que aos 13 eu ainda não tinha capacidade para ser mãe de alguém. É difícil ser mãe da nossa própria mãe, pois, ao invés de aprender e ser cuidada, a gente precisa ensinar e cuidar. Fica mais difícil quando você que deixa de ser filha pra ser mãe, não teve um auxílio psicológico adequado quando mais precisou, e luta contra demônios da mente diariamente. É duro ver sua mãe sofrendo e perceber que por mais que você ajude só uma atitude dela irá resolver. Mais duro ainda é perceber que ela possui os mesmos transtornos psicológicos que você, porém, com a intensidade multiplicada por 10 e que ela além de não possuir plano de saúde, não possui a mesma informação e a mesma educação que você. Você que vai ao médico, compra seus remédios e luta dia a dia para viver uma vida "normal".  Poise, muitos nunca foram ao médico, (grande maioria) nunca irão,  não possuem dinheiro, não possuem auxílio, não possuem amparo do governo e vão sobrevivendo psicologicamente como se esse mal estar interno grotesco fizesse parte de sua personalidade. Eles só têm uma vida, mas, morrem e nunca descobrem o que é viver de fato. Não quero isso pra minha mãe. Não quero isso pra pessoa que permitiu aos 17 anos que eu saísse do seu ventre e me ensinou que sinceridade e generosidade são as maiores virtudes que alguém pode ter. E ela não precisou me dizer isso, ela nem saberia dizer, mas não precisou, eu aprendi sozinha, como? Olhando para ela... Que pena, que hoje esse brilho esteja apagado a que a superficialidade das redes sociais, as fotos no lugar das experiências e as promessas de falsa felicidade desse novo mundo afete de maneira significativa aquelas pessoas mais sensíveis, que não possuem ferramentas adequadas para lidar com tudo isso. Mas, espero, voltar a escrever aqui e dizer: Hoje minha mãe voltou a viver!

Drogas do Dia em Comprimidos

Ritalina, Neosaldina, Chá Verde, Chá Verde, Chá Verde, Loratadina, Loratadina, Ritalina, Ritalina, Pó de Guaraná,  Ritalina, Loratadina, Pó de guaraná, Neosaldina, Venlafaxina, Venlanfaxina, Torval, Ritalina, Ritalina.

Como andará meu figueiredo?

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Viajando... Respondendo a Lu... Tricotilomania...

Puxar fios de cabelo ou pelos do corpo acabou se tornando um transtorno por conta dos prejuízos que causa na vida da gente. Mas, não é qualquer simples puxão de fio, é uma compulsão, um desejo incontrolável que faz a pessoa ficar minutos horas ou dias fazendo. Esteticamente é feio ficar careca, aliás, é feio uma mulher careca, pq nós mulheres não podemos ficar carecas, ui, careca não! Cabelo ta que nem joia em vitrine. Vc sabe ne? Só os homens podem, e dizem que é um charme. "É dos carecas que elas gostam mais." É das carecas que eles gostam mais? Nao mesmo! Careca não! Nunca! Implicam até com nosso cabelo curtinho, imagina sem cabelo. Careca? Coitada, deve estar fazendo quimio. Enfim, Isso me faz lembrar daquela participante do reality show da globo que ficou ainda mais conhecida no twitter com milhares de postagens #angelicaobrasilteodeia. A autenticidade dela e seus defeitos se assemelhavam muito com a última participante do programa chamada Ana Paula Renault. As duas eram espontâneas, autênticas, seguras, sinceras, sem papas na língua, com elevada auto-estima durante o programa, sendo a última mais engraçada em suas piadas e humilhações. Irônica. O fato é que todos amaram Ana rica, bela e loira e odiaram Angelica negra, pobre e CARECA. O racismo e o preconceito tá impregnado e a hipócrita sociedade insiste em dizer que não somos racistas e fazem "cotas" pra provar algo que já "desprova" só por existir. Cotas? Pq negros precisam de cotas? Pq continuamos não dando oportunidades iguais pra todos. E querem "consertar" erros do passado ao invés de acabar com os erros do presente. Nós somos ainda uma sociedade hipócrita, racista, preconceitosa e machista. Vaila mudei completamente de assunto, tô viajando... rsrs Nosso transtorno possui muitas comorbidades não é mesmo? :/ Infelizmente! Sendo o TOC uma delas, e a tricotilomania é considerada um transtorno obsessivo compulsivo. Não está presente obrigatoriamente na vida de um bipolar, um bipolar pode não ser tricotilomaniaco como quem possui o transtorno pode não ser bipolar. Há casos em que além de puxar ingerem os fios. Esses casos são mais graves pq de fato afetam a saúde física também. Graças ao pai do céu esse não é meu caso. Como eu tava falando. Ficar careca para a nossa sociedade é esteticamente feio, mas o prejuízo desse transtorno vai muito além disso, é uma angústia que toma conta da gente, raiva, sensação de ser um fracassado por não ter o controle de suas próprias ações. Minha vó Fe dizia: " pessoas conseguem largar o cigarro que é um vício muito pior" e eu dizia quando adolescente: "não é mais difícil, essas pessoas não carregam cigarros na cabeça todas as horas de suas vidas" rsrs Pra mim era muito difícil, fiz muitos buracos no couro cabeludo e criava estratégias pra esconder, ers vergonhoso. Eu tinha um cabelo de sereia como dizem. Mas, sim é possível, acredito que com fé tudo é possível. Hoje tenho um cabelo saudável e meu foco mudou para as regiões das pernas. Uma vez meu irmão de nove anos me filmou durante muito tempo em um momento de compulsão e eu nem percebi que estava. Senti vergonha pois tento ajudá-lo a parar de morder os dedos da mão, por conta de higiene e saúde. Ele não consegue. E não fui um bom exemplo pra ele. Tenho medo que mwu irmão se torne um adulto como eu cheio de transtornos psicológicos como ansiedade w depressão. Hiperatividade ele tem, isso é fato! Quero tanto que ele seja um adulto saudável, o amo muito. Esse mês ele fez 10 anos de idade. Como nossa diferença é grande o trato como filho. Meu Caleb, meu gatinho,eu tudo! Obrigada Lu :*

domingo, 17 de julho de 2016

Tricotilomania

É estranho pensar que isso é considerado um transtorno. Parece apenas uma simples mania como roer unhas. Para quem pensa que esse transtorno é apenas relacionado  aos fios do couro cabeludo, se engana. Pode ser uma vontade incontrolável de arrancar qualquer pelo do corpo. Pode ser pernas, braços,  virilha, partes íntimas, sombrancelha e inclusive os fios do cabelo que normalmente são os que ficam mais perceptíveis. É uma vontade engraçada e inexplicável. E durante o ato é até agradável. Mas essa sensação de prazer se mistura como uma angústia  e uma sensação de não ter o controle da própria vida. Não ser capaz de tomar uma simples decisão. Quando começo me perco nos pensamentos e não consigo parar. Me perco no tempo. Parece uma vontade maior do que eu. Como se tivesse na verdade um outro eu me controlando.  Minha auto-estima piora. Sinto vergonha. Meu foco é cabeça e coxas. Sombrancelha não!  Graças!  Gratidão!     Minha vó colocava uma touca na minha cabeça quando eu era adolescente. Ela se preocupava bastante comigo quando estava no nosso mundo visível. Saudades da dona Fê! Muita saudade dela!

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Crise de tricotolomania + abuso de ritalina + uma noite sem dormir

Não consigo nem digitar direito no celular de tanta tremedeira nos dedos e nas mãos. E ninguém faz ideia disso... mais um dia me fazendo mal... tudo isso por uma crise de ansiedade por conta de um trabalho da faculdade. Trabalho simples. Tranquilo. No fundo,  eu sei que é. Não sei por que motivo sou assim... desconfio... quero melhorar. Preciso melhorar!

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Fobia em falar em público...

Na última terça-feira tive que apresentar meu primeiro seminário do semestre. Dessa vez não foi uma semana de choro e angústia. Foram apenas dois dias, pois, tentando fugir deixei pra última hora. É inexplicável o que eu sinto, é um sofrimento que não dá pra dimensionar nessa dimensão,  isso é o que mais me desmotiva na faculdade. É o tipo de experiência que eu não gostaria de ter na minha vida, ser obrigada  falar em público. E aí?  Mais um diagnóstico para esse tipo de sofrimento?!

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Brasil país da hipocrisia e intolerância...

Desabafo nada político...

Inacreditável ver os esquerdistas defendendo os corruptos da esquerda e os de direita defendendo os corruptos da direita. Como se tudo fosse uma questão de ser "destro ou canhoto". Me poupe. Cansada de ver essas polêmicas onde cada um só olha para o próprio umbigo, acham que estão certo em tudo e que o outro não está certo em nada. Ver tanta intolerância nesse país e tanto desrespeito só faz a gente entender pq esse país de fato não vai pra frente. É só briga pelo poder, diálogo que é bom... unir forças e inteligência a favor do povo que é bom... cadê? Me poupe! Que matéria ridícula de se ler! Ninguém quer ver uma idosa de 96 anos sem casa. Moro com minha vó  e nunca iria querer vê-la passando por isso. Aqui é bem pequenino e simples mas se essa senhora quiser morar com a gente com certeza abriremos nossa porta com o maior prazer. Agora, se essa for uma casa fruto de corrupção deve ser confiscada SIM! Que ridículo essa matéria, nem acreditei quando li, meu pai do céu que país é esse?! Todos os corruptos deveriam ser presos e de preferência todos juntinhos na mesma cela e não importa se é pmdb, pt, psdb, pp, psb, psol ou o partido da pqp. Ver essas matérias que defendem quem tanto fez e faz mal a sua própria sociedade é de dá NOJO!

terça-feira, 10 de maio de 2016

Emoções primárias adaptativas...

Raiva, tristeza, medo...

A base para a famosa inteligência emocional. Aquela que nós não temos Asha. Aquela não deixou você concluir enfermagem. Aquela que não deixou você continuar estudando pra medicina mesmo tendo passado em 36 dos classificaveis sem ter estudado nada. Aquela que some da nossa vida fazendo a gente se sentir burra, um lixo, mesmo tendo passado toda a infância e adolescência recebendo medalhas e prêmios por ser não só o primeiro lugar da sala, mas do Colégio. E diziam que eu era inteligente... nossa... como ela é inteligente. Será que eu era mesmo inteligente? E por que hoje não sou aquilo que sempre diziam que eu seria... e por que isso me envergonha tanto? E os olhares dos ignorantes para a fracassada. Tanto estudo para nada? Não posso aceitar isso. Esse não é o fim. Tanto estudo e vou terminar escrava da minha mente inquieta, ansiosa e que só me sabota?! Não! Não vou aceitar! Deixa eles pensarem... porque eles... eles... os outros... os olhares... os comentários... me afetam tanto? Por que?  Um dia... pode anotar! Isso é uma promessa! Um dia... ainda vou ajudar pessoas como não conseguiram me ajudar... quando mais precisei. Vou sim! Não acredito que tantos votos para que eu fosse abortada e mesmo assim eu ter conseguido nascer tenha servido para nada... não!  Nasci para algo... esse dia vai chegar. E eu vou ajudar crianças que passaram pelo que passei. Vou ajudar adolescentes a não sofrerem como eu sofri. Sim... eu vou ajudar! Esse dia vai chegar!

sábado, 30 de abril de 2016

TPM nossa "amiga"

Olá Dear Asha,
meu outro eu mais inteligente!

Estou naquele fase "Tudo Posso Matar" hahaha... porém,  estou em paz.

Muitas novidades para contar para Senhora do Trevo e principalmente agradecer aquele último comentário fofinho e tão consolador que ela deixou pra mim, foi tão lindo de ser, tão doce, tão bom saber que existem pessoas que param tudo para ajudar alguém nem que seja através de palavras e à distância. Um dia espero conhecer mais dessa mulher fantástica e da sua família linda.

Bom, já passou o concurso, meu primeiro concurso. Fiz oitenta por cento da prova, mas precisava de uns oitenta e oito por aí. Mas, estou tranquila e começando a me praparar para o próximo.

Amanhã o grande amor da minha vida fará 28 aninhos...

Beijinhos Bipolares

sábado, 9 de abril de 2016

Humor Estável

Tomando as drogas corretamente.

75mg de Allentus (Venlanfaxina)
300mg de Torval (Ácido Valpróico)

Porém, ainda estou na luta para voltar a tomar a dose correta do Ritalina. 
Estou até preocupada porque dia 17 terei uma prova importante e não quero ficar sem ele nesse dia.
 Outra coisa, também estou sem coragem de ir ao Dr. Carlos Porto somente para pegar a receita.

Não comecei as atividades físicas. Eterna moleza...

domingo, 3 de abril de 2016

#umagradecimentopordia (Abril)

Obrigada pela existência e pela vida do meu avô Mário...

Obrigada por eu ter um namorado que mesmo possuidor de tantos defeitos assim como eu, se preocupa comigo, se importa comigo e cuida de mim mesmo que seja da maneira dele...

Obrigada pela saúde da minha mãe e do meu irmão,  e por essa oportunidade de estar mais próxima deles...

Obrigada pelo pão de cada dia, ainda possível mesmo em meio a essa crise que assola nosso país...

Obrigada por mesmo odiando as drogas de cada dia e mesmo a tanta dificuldade financeira, eu ainda ter condições de comprar, pois sem elas seria tudo ainda mais difícil...

Obrigada pela vida da minha amiga Taci e pela suas amizades que lhe dão força nesse momento tão difícil...

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Ouvindo críticas do vovô...

Como não é novidade, há anos ouço críticas da minha família. Tudo começou na infância. Como pessoa sensível que sou, nunca lidei bem com isso, e ainda hoje choro dependendo de como está o meu humor. Ontem tive que ouvir caladinha meu avô dizendo que seus netos são muito moles e que estão demorando muito pra "crescer" $$$...  que não temos atitude e que fazemos tudo errado, falou isso depois que um amigo da família falou que um de seus filhos tinha se formado em medicina. Lembro que quando passei na primeira fase de medicina no vestibular da federal do meu estado,  meu pai escreveu em seu status do msn: MINHA FILHA PASSOU EM MEDICINA... kkk depois que decidi outro caminho virei a decepção,  me poupe, o que me define é o meu curso,  meu salário,  minha posição? Isso é tudo que eu sou? Tudo que eu aprendi até hoje, todas as relações não serviram em nada para meu crescimento? Que "crescer" é esse que se limita a números?  Realmente acho que vou morrer sem me adptar...

domingo, 27 de março de 2016

Preparo psicológico

Olá Asha, me preparando psicologicamente para o evento em família amanhã: aniversário do meu avô.

Família... família...

terça-feira, 22 de março de 2016

Taquicardia X Ritalina (metilfenidato)

Hoje mais uma vez senti o coração acelerado após tomar o ritalina. Já são quatro anos tomando ritalina diariamente. Mas, somente nos últimos três meses venho sentindo esse sintoma.
Na última consulta com o Dr. Carlos no dia 11 de Março,  relatei sobre isso , porém ele disse que eu não me preocupasse que isso só estava acontecendo por conta da queda do meu humor que não era relação direta com o Ritalina. Achei estranho, mas, enfim ele que fez 6 anos de medicina mais sei lá quantos anos de residência em psiquiatria, e não eu, então preciso confiar. Assim que passar a prova do concurso vou ao cardiologista pra saber como anda esse coraçãozinho.  Tenho que ir a tantos médicos: endocrinologista por causa do aumento da minha tireoide,  ortopedista por causa do meu joelho podre, oftalmologista por causa da minha dor na vista, dermatologista por causa das minhas rugas precoces hahahaha.

Taquicardia X Ritalina (metilfenidato)

Hoje mais uma vez senti o coração acelerado após tomar o ritalina. Já são quatro anos tomando ritalina diariamente. Mas, somente nos últimos três meses venho sentindo esse sintoma. Na última consulta com o Dr. Carlos no dia 11 de Março,  relatei sobre isso , porém ele disse que eu não me preocupasse que isso só estava acontecendo por conta da queda do meu humor que não era relação direta com o Ritalina. Achei estranho, mas, preciso confiar. Assim que passar a prova do concurso vou ao cardiologista pra saber como anda esse coraçãozinho.  

segunda-feira, 21 de março de 2016

Auto-medicação

Olá Asha, desde segunda voltaram os sintomas.
Quarta resolvi dobrar o velanfaxina e agora estou melhor.
Faz seis dias que estou tomando 150mg de venlanfaxina.
Amanhã vou mandar um e-mail pro Dr. Carlos Porto pra ele me fazer suas  recomendações.
Hoje tive um momento ruim com meu avô, nada grave, mas fiquei muita sentida como sempre,  quase tive uma recaída. Vim dormir com minha mãezinha pra me sentir melhor.
Amanhã tenho aula às sete da matina, tomara que dê tudo certo!

quarta-feira, 16 de março de 2016

Revista Vida Simples (SEU PROPÓSITO É SER VOCÊ)

Who I am?

Em Janeiro, final de semestre, semestre louco por conta da greve, um rapaz me para em frente à faculdade pra me convencer a assinar uma revista. Esse rapaz me enrolava tanto, que parecia que eu ia ganhar tudo de graça,  lógico que eu sei que nada na vida é de graça pedi pra ele soltar logo a real e me contar o que ganharia caso eu assinasse. Ele falou que ganharia pontos que poderiam se converter dependendo da quantidade em um semestre pago pela editora abril. Nem sei se é verdade, mas tentei fazer o bem sem olhar a quem e assinei a Revista Vida Simples mesmo estando em meio essa crise financeira que não me larga há anos.

Lendo agora a revista uma matéria me chamou atenção um texto de Débora Zanelato entrevistando Paula Abreu com o título "Seu propósito é ser você ". Ler essa matéria foi como sentir que alguém em algum lugar me apoia a viver como eu quero e não como o mundo quer. Ler alguém dizendo que existe a sua felicidade e que não necessariamente coincinde com aquela sonhada felicidade do mundo, aquela "vida perfeita" que todos desejam ter e que ao conquistar, pronto, felicidade chegou. Isso caiu com uma luva hoje. Essa leitura acalentou meu ser, minha ansiedade, meu medo, minha vergonha de ser tão diferente de todos.

Tenho muitas coisas a escrever sobre essa leitura, o que eu senti, o que eu pensei,  por que lembrei tanto da minha faculdade e de outros projetos que valorizo muito mais na vida. Mas deixarei para escrever depois, pois é muito complicado escrever por um celular tão pequenino, com teclas tão pequeninas, é desesperador. Meu celular é meu único acesso a Internet e ele é da marca Samsung modelo Young. Pequenininho.

Paula Abreu aconselha uma busca para descoberta de nós mesmos, para ela, é  o único caminho para ser feliz, e como consequência disso se descobrindo você vai fazer o que gosta e aprender a dizer não. Ela incentiva as pessoas a criarem um caderno do eu, onde devem listar o que amam, o que odeiam e seus valores. Além disso criem diariamente duas perguntas e saiam pelo mundo em busca respostas. É preciso parar para refletir sobre si mesmo. Vou tentar fazer um pouco disso através da minha página,  acho que será muito útil para o meu tratamento e para o meu processo de amadurecimento.  Preciso sair debaixo dessas camadas de crenças e valores que tanto me fazem sofrer.

terça-feira, 15 de março de 2016

Luta

Luta diária pra não chorar, pra evitar críticas que possam me deixar ainda pior. Não quero que percebam, claro. Sinto vergonha de ser assim ou estar assim. Perdi a batalha de hoje, era pra eu ter ido à faculdade, meu primeiro dia de aula, normalmente estou bem motivada pra começar do zero. Dessa vez, tenho vontade só de fugir de tudo isso. Que vergonha eu sinto de mim mesma, não sinto pena, sinto vergonha de ser tão diferente da maioria das pessoas.

Emoções que não compreendo...

Asha, semana passada senti profundas e desesperadoras sensações de angústias,  bem parecidas com aquelas que senti durante as fases de depressão. Foi muito choro, muita dor, muito sono e muita desmotivação. Depois veio a fase vermelha e fiquei feliz por acreditar que era apenas tpm, de fato toda aquela angústia tinha sumido. Porém,  hoje um dia depois do término da fase red veio tudo de novo e pra piorar  não vou tomar nem o allenthus e nem o depakote pois a minha caixinha de remédios está vazia. Estou na casa do Sol e meus remédios estão na casa da minha vó Socorro. Na verdade tenho esquecido  de tomar algumas vezes, mas, não acho q isso poderia me afetar de maneira tão drástica. Hoje roubaram o carro da minha melhor amiga Natalia e fiquei muito triste com isso, ela é muito batalhadora e não merecia passar por isso. Hoje meu pai veio com aquele jeito grosseiro pra cima de mim como sempre, nunca vou me acostumar. Amanhã começam minhas aulas da faculdade,  não estou nem um pouco motivada pra isso, só de pensar naquele lugar, nas péssimas experiencias e no egoismo de algumas pessoas já me dá vontade de chorar. Não queria mesmo ser esse ser humano tão sensitivo, em outras palavras tão fraco como alguns pensam...

quarta-feira, 9 de março de 2016

Mais uma noite sem dormir...

60mg de ritalina no sangue...

Muito? Não chega nem perto do máximo que já ingeri em um só dia que foram 200mg. Sinceramente, não como não passei mal. Mas só o futuro irá mostrar as consequências dessa minha loucura e esse meu descontrole.

Estranho seria se eu estivesse dormindo tranquilamente.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Uma estranha no ninho...

Querida Asha, ontem tive aquela sensação de sempre. Sensação de que a minha família me acha uma retardada. Me senti mal como sempre. Tanto tento evitar isso, mas sempre aparece alguém pra falar algo. Mais tarde eu te explico...

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Tremedeira Ritalinas Cannabis

Querida Asha,

Estou tremendo quase sem poder escrever, tô virada mais uma noite. E acabei de tomar dois ritalinas. Que sensação boa se não fossem esses efeitos colaterais, me sinto mais acordada, mais atenta,  mais bem-humorada, mais concentrada, com o raciocínio melhor, menos deprimida e com menos fome. Quem dera eu ser assim 24 horas por dia, mas não sou. Não consigo controlar minha mente, muito menos minha fisiologia. Dia estranho. Estudei um pouco pro concurso mas depois assisti dois filmes (O recomeço ) e (O presente), amei o segundo. Sinto q to ficando doente quer dizer dou doente não não  na verdade to ficando como nunca estive, to fixada nas drogas.

:) consegui arrumar um pouco a bagunça do quarto do Sol, aliás amanhã faremos 4 anos e cinco meses

:( dormi mal, comi muito mal, estudei pouco

Dorgas

75mg Venlanfaxina
500mg Depakote
Cannabis
Uns 4 ritalinas

Asha só você pode me ajudar!

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Angústia, medo, cannabis...

Estou sentindo muita dor, muito medo e muita angústia. Será que fiz tudo errado de novo? Será que estou deprimindo mais uma vez e por minha própria culpa? Exagerei nas doses de ritalina, agora estou sem riralina e sem depakote. Não tenho coragem de pegar mais receita com o médico pois ele pode perceber q era pra ter durado bem mais, então amanhã vou buscar essa receita com outro médico mas só tenho 1% de chance de conseguir. Não sei como vou ter energia amanhã. Ta bem difícil levantar. E sinto vontade de chorar. Estou doente desde sábado. Entrei de férias e  passei todo o carnaval doente. Pra piorar fiquei longe do Sol, fiquei na casa da minha mãe cuidando da cachorrinha dela, eu não consegui deixar ela sozinha,  ela ia morrer de solidão,  preferi fazer companhia a ela e meu namorado não gostou, senti falta dele,  me senti sozinha. Agora vim dormir na casa dele e foi bom. Mas ele ja dormiu e eu fico pensando remoendo penso mil besteiras. Hoje também fiz a coisa errada, mas isso me ajudou, me aliviou no mal-estar da gripe. Mas ja tinha dito pra mim mesma q iria parar pois tenho medo q a cannabis piore minha situação. Nem sei se eu passei em todas cadeiras,  mas quero distância da faculdade,  quero paz, fazer o q eu gosto, sei la... meu Deus é só mais uma fase. Preciso me ajudar. Preciso acordar amanhã disposta a me ajudar. Dai-me forças,  coragem...

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Tentando voltar

Vontade grande de voltar a escrever e a faculdade não deixa. Incrível como todo semestre é a mesma coisa, virando noites e noites, entregando trabalhos atrasados. Pelo menos dessa vez não abandonei e não reprovei por falta, mas vamos ver se consideram meus trabalhos atrasados. Medo. Mais dois hoje. Mais quatro amanhã. A semana é longa e só fico de férias sexta. Cansada demais. Irritada demais. Muita dor de cabeça. Muitos ritalinas. Esse mês não comprei o depakote. Estou sem money. Mas meu namorado comprou mimhas duas caixas de antidepressivo, tô muito feliz por ele está me ajudando não pela ajuda em si, mas pq ele conseguiu um trabalho no qual está gostando. Tenho que agradecer mais a Deus. Estou esquecendo de agradecer. Sou muito grata. Além de me ajudar com meus remédios está me ajudando com seu cartão de alimentação. E eu sem aluno, sem dinheiro e desempregada. Queria largar tudo e estudar pra concurso,  mas não posso, não saberia lidar com a reprovação de tanta gente. Tenho certeza que passaria em um concurso. Ai chega... parar de falar disso. Até  logo querido Blogólogo!