Translate

domingo, 17 de julho de 2016

Tricotilomania

É estranho pensar que isso é considerado um transtorno. Parece apenas uma simples mania como roer unhas. Para quem pensa que esse transtorno é apenas relacionado  aos fios do couro cabeludo, se engana. Pode ser uma vontade incontrolável de arrancar qualquer pelo do corpo. Pode ser pernas, braços,  virilha, partes íntimas, sombrancelha e inclusive os fios do cabelo que normalmente são os que ficam mais perceptíveis. É uma vontade engraçada e inexplicável. E durante o ato é até agradável. Mas essa sensação de prazer se mistura como uma angústia  e uma sensação de não ter o controle da própria vida. Não ser capaz de tomar uma simples decisão. Quando começo me perco nos pensamentos e não consigo parar. Me perco no tempo. Parece uma vontade maior do que eu. Como se tivesse na verdade um outro eu me controlando.  Minha auto-estima piora. Sinto vergonha. Meu foco é cabeça e coxas. Sombrancelha não!  Graças!  Gratidão!     Minha vó colocava uma touca na minha cabeça quando eu era adolescente. Ela se preocupava bastante comigo quando estava no nosso mundo visível. Saudades da dona Fê! Muita saudade dela!

3 comentários:

  1. Oi Natasha
    Eu não sabia de mais esse transtorno dentro do transtorno, se é que eu entendi. Mas tenha fé, continue o tratamento que vc vai melhorar.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Lu :*
    Puxar fios de cabelo ou pelos do corpo acabou se tornando um transtorno por conta dos prejuízos que causa na vida da gente. Mas, não é qualquer simples puxão de fio, é uma compulsão, um desejo incontrolável que faz a pessoa ficar minutos horas ou dias fazendo. Esteticamente é feio ficar careca, aliás, é feio uma mulher careca, pq nós mulheres não podemos ficar carecas, ui, careca não! Cabelo ta que nem joia em vitrine. Vc sabe ne? Só os homens podem, e dizem que é um charme. "É dos carecas que elas gostam mais." É das carecas que eles gostam mais? Nao mesmo! Careca não! Nunca! Implicam até com nosso cabelo curtinho, imagina sem cabelo. Careca? Coitada, deve estar fazendo quimio. Enfim, Isso me faz lembrar daquela participante do reality show da globo que ficou ainda mais conhecida no twitter com milhares de postagens #angelicaobrasilteodeia. A autenticidade dela e seus defeitos se assemelhavam muito com a última participante do programa chamada Ana Paula Renault. As duas eram espontâneas, autênticas, seguras, sinceras, sem papas na língua, com elevada auto-estima durante o programa, sendo a última mais engraçada em suas piadas e humilhações. Irônica. O fato é que todos amaram Ana rica, bela e loira e odiaram Angelica negra, pobre e CARECA. O racismo e o preconceito tá impregnado e a hipócrita sociedade insiste em dizer que não somos racistas e fazem "cotas" pra provar algo que já "desprova" só por existir. Cotas? Pq negros precisam de cotas? Pq continuamos não dando oportunidades iguais pra todos. E querem "consertar" erros do passado ao invés de acabar com os erros do presente. Nós somos ainda uma sociedade hipócrita, racista, preconceitosa e machista. Vaila mudei completamente de assunto, tô viajando... rsrs

    ResponderExcluir
  3. Nosso transtorno possui muitas comorbidades não é mesmo? :/ Infelizmente! Sendo o TOC uma delas, e a tricotilomania é considerada um transtorno obsessivo compulsivo. Não está presente obrigatoriamente na vida de um bipolar, um bipolar pode não ser tricotilomaniaco como quem possui o transtorno pode não ser bipolar. Há casos em que além de puxar ingerem os fios. Esses casos são mais graves pq de fato afetam a saúde física também. Graças ao pai do céu esse não é meu caso. Como eu tava falando. Ficar careca para a nossa sociedade é esteticamente feio, mas o prejuízo desse transtorno vai muito além disso, é uma angústia que toma conta da gente, raiva, sensação de ser um fracassado por não ter o controle de suas próprias ações. Minha vó Fe dizia: " pessoas conseguem largar o cigarro que é um vício muito pior" e eu dizia quando adolescente: "não é mais difícil, essas pessoas não carregam cigarros na cabeça todas as horas de suas vidas" rsrs Pra mim era muito difícil, fiz muitos buracos no couro cabeludo e criava estratégias pra esconder, ers vergonhoso. Eu tinha um cabelo de sereia como dizem. Mas, sim é possível, acredito que com fé tudo é possível. Hoje tenho um cabelo saudável e meu foco mudou para as regiões das pernas. Uma vez meu irmão de nove anos me filmou durante muito tempo em um momento de compulsão e eu nem percebi que estava. Senti vergonha pois tento ajudá-lo a parar de morder os dedos da mão, por conta de higiene e saúde. Ele não consegue. E não fui um bom exemplo pra ele. Tenho medo que mwu irmão se torne um adulto como eu cheio de transtornos psicológicos como ansiedade w depressão. Hiperatividade ele tem, isso é fato! Quero tanto que ele seja um adulto saudável, o amo muito. Esse mês ele fez 10 anos de idade. Como nossa diferença é grande o trato como filho. Meu Caleb, meu gatinho,eu tudo! Obrigada Lu :*

    ResponderExcluir