Translate

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Bipolar e sem dinheiro no bolso $$$

Tantas coisas acontecendo, tanta coisa pra falar... pensamentos que não me saem da cabeça... vó na uti, vô sozinho, gatinho abandonado, trabalho atrasado, muitas aulas para dá, poucas horas pra dormir, muita coisa pra estudar, poucas horas pra dormir, faculdade de mal a pior, medo de perder mais um semestre, ferias dos alunos se aproximando, medo de ficar sem dinheiro, medo do próximo ano, contas pra pagar, muitas contas pra pagar, pouco dinheiro, remédios, muitos remédios pra comprar, pouco dinheiro, preciso de um novo trabalho mas não sou formada, faculdade ou concurso, concurso resolveria 90% dos meus problemas, medo de trancar a faculdade, medo de não me formar, medo de não passar no concurso, 300 reais do psiquiatra mais 210 reais remédios, ajuda financeira, e quem não tem? Como vivem aqueles que precisam de remEdios, precisam de ajuda mas não tem condições financeiras? Sei lá... ah se eu tivesse o meu lugar, ah se eu tivesse o meu dinheiro... de quem adiantou ser a garota mais bem comportada e mais estudiosa da escola, se hoje sou uma piada nesse mundo? De nada servem minhas qualidades se não tenho uma formação academica, se não consegui uma estabilidade emocional para me encontrar profissionalmente, me culpam e me sinto culpada. Mas, voltando para o que importa... EM SUA CIDADE, EXISTE ALGUMA REDE DE APOIO PSICOLÓGICO GRATUITO? QUANTO VOCÊ GASTA POR SER DEPRIMIDO, POR SER BIPOLAR OU POSSUIR QUALQUER OUTRO TRANSTORNO? EXISTE ALGUM ATENDIMENTO GRATUITO PARA BIPOLARES NA SUA CIDADE?  

terça-feira, 20 de outubro de 2015

tantas coisas para contar...

Tantas coisas aconteceram... li todos os comentários e fiquei muito feliz pela força. Esses últimos dias têm sido bem difíceis, além do mau estar que vocês já conhecem, fui surpreendida por uma notícia que não esperava. A história é muito longa, mas tem a ver com a pessoa que mais me causa sofrimento: meu pai. Incrível como ele apesar de me amar, definitivamente não me faz bem. Muita vontade de desabafar, mas preciso, tomar banho, ler mais um pouco do texto da faculdade e dormir pois amanhã levanto às 5:50h, pense... ah! Antes de dormir estou lendo um livro que há tempos queria ler: Pollyanna Moça #) fofaaaaaa! Sempre quis ler! Sempre fui apaixonada pela Pollyanna criança, li aos 11 anos, e agora depois de muito tempo é que estou lendo sua mocidade. Muito fofa ela, será que existe um ser humano assim? Tomara que minha filha (se eu tiver um dia) tenha um quinto da doçura dessa personagem.

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Por que eu?

Por que eu nasci com essa sensibilidade imbecil? Não consigo parar de chorar e não consigo pensar no quanto as pessoas conseguem fazer mal às outras. Estou nesse momento na casa da minha melhor amiga Eva Maria. Fiquei triste em saber como a família do marido dela está a tratando. Ela não merece. Não sei por que não consigo parar de chorar. Apenas não consigo. Minha cabeça ainda continua doendo. Será que p fato de eu ter esquecido os remédios ontem tem algo a ver com o que estou sentindo hoje? Apenas um dia de esquecimento é capaz de fazer um desastre desse? Por que eu não nasci com diabetes, asma ou qualquer outra doença que as pessoas consideram doenças normais? Por que eu nasci com uma doença que preciso me esforçar todos os dias pra querer viver? Não sei se consiguirei viver muitos anos se essa dor que eu tô sentindo fizer parte da minha rotina...

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Crise de Choro

Ontem vim dormir na casa da minha mãe. Fui guardar o carro na minha avó materna pq aqui não tem garagem. Esqueci o celular dentro do carro. Sem o despertador do celular esqueci de tomar o depakote e a venlafaxina. Dormi cedo, antes das 22 horas, fazia mil anos, pedi minha mãe pra me acordar, ela esqueceu, ela também tem tda, sendo que no caso dela é bem mais grave que o meu. Acordei 10 horas da manhã, não fiz nada que eu estava planejando fazer, manhã inteira perdida. Mesmo tendo dormido mais de 12 horas seguidas sentia muito sono e precisei do ritalina. Depois das 11h despertei. Tomei um banho e esperei o Carlinhos pra almoçar. Depois fui visitar a vovó Fê. Lá os mesmos comentários de sempre, se tivesse terminado enfermagem estaria bla bla bla. Fulana esposa do sicrano faz enfermagem. Você está com quantos alunos? É um dinheirinho que vale a pena. Sempre me substimando, e com toda razão, já que eu na maioria das vezes não consigo fazer nada direito. Depois fui olhar se tinha recebido alguma mensagem do meu pai, tinha. Uma mensagem de reclamação. Mesmo ele pedindo um milhão de vezes pra eu deixar a porta da sala aberta por causa da diarista, eu não deixei. Eu esqueci. Pior, que eu podia jurar que tinha deixado. Eu saí de casa crente que eu tinha deixado a porta aberta. Não consigo executar algo tão simples de maneira correta. Agora não paro de chorar. Estou chorando há 3 horas seguidas. Minha cabeça dói. Me sinto desmotivada. Me pergunto porque é tão difícil pra mim fazer coisas tão simples? Meu avô disse que não admitia uma pessoa ser incapaz mentalmente de acordar sem despertador. Bom, isso não muda em nada o fato de eu ser uma pessoa mentalmente incapaz de acordar sem despertador. Eu iria da aula hoje às 17h mas prometi visitar uma amiga. Agora ela cobra minha visita e eu desmarquei a aula. Não sei se fiz certo. Talvez não. Mas ela cobra essa visita desde que sua filha nasceu e isso faz mais de 3 meses. E também não quero da aula com a cara toda inchada e toda vermelha de tanto chorar. Pra piorar a situação, soube que o Sol vai viajar pro interior com o pai dele e volto daqui a 10 dias. Ela queria me ver ontem, mas como eu estava sem celular não pude ver suas mensagens. Enfim, não sei se vou ser uma boa profissional no futuro, tenho minhas dúvidas, nem sei se sou capaz de ser mãe, nessa questão eu tenho quase certeza que não.

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Lendo o Diário de 2002 (aos 13 anos)

Quanto mais eu leio meu velho diário, mais eu vejo sintomas do meu transtorno bipolar. É uma pena que ninguém da minha família tenha percebido e me ajudado. Mas quando se nasce por acidente, filha de um casal de adolescentes de 15 e 16 anos, não dá pra esperar muito. Eu vivia pra la e pra ca, pais separados. Separados não, como se separa o que nunca se uniu? Bom, crescer sem referência de família não é frescura, é um problema. Ser abusada sexualmente na infância é um problema maior ainda. Mas falarei sobre isso em outro momento. Não era normal uma adolescente passar semanas chorando querendo morrer, enquanto em outras tava reunida com vários amigos, elaborando milhões de planos. Não dá pra descrever aqui, mas, quanto mais leio, menos eu tenho dúvida sobre meu transtorno não ter surgido da noite pro dia. Incrível como eu sofri durante minhas crises na infância e adolescência, mas, graças a Deus, quando eu não estava em crise eu pude aproveitar bem minha vida, valorizando as amizade e as boas ações dos projetos sociais, principalmente fazendo visitas ao orfanato la perto de casa, eu fazia o que me fazia feliz...

domingo, 13 de setembro de 2015

Tricotilomaníaca depois da Cannabis Sativa

Faz alguns dia que voltei a arrancar muitos fios de cabelos. Hoje foram mais de 100 fios com certeza, foi pouco comparado a ontem e antes de ontem :/ apesar do meu cabelo estar preso, pra ver se acorda menos liso e mais ondulado kkk é uma técnica que depois eu digo, vi uma menina fazendo no youtube kkk sim, mesmo preso q fica mais difícil arranquei muitos, tô até com dor de cabeça. São 3 e 35 da madrugada, já era pra eu estar dormindo faz tempo. Vou ter que acordar cedo pois adivinha? Notícia ótima!!! Vovó Fê voltou pra casa!!! Ebaaaaaa!!! E amanhã quero visitá-la em casa!!! :) Depois de lembrar até que passou a raiva por não ter me controlado, são só cabelos... depois cresce... e amanhã é um novo dia! Amanhã tentarei mais uma vez me libertar dessas mazelas que me assombram. Preciso ir urgente no Dr. Carlos. Preciso mesmo ir em algum psiquiatra, não quero e nem posso cair numa depressão de novo. Preciso de um pouquinho mais de força! Nossa ta dificil, e ainda por cima sem ritalina. Tô com vontade de mudar mais uma vez o nome do meu blog :) antes nattarjapreta, depois bipolartdah :) quero colocar outro nome agora... quem tiver tido o trabalho e paciência de ler tudo isso deve ta imaginando q loucura tão desorganizadamente escrita é essa? Kkkk Infelizmente é a minha desorganizada vida e os meus desorganizados pensamentos após a Cannabis Sativa :)

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Qual o motivo da minha angústia?

Ontem fui dormir tarde e acordei bem cedo pra ir ao salão ajeitar meu cabelo pro casamento. Acordei mal, angustiada. Levantei com 1 ritalina e meio. Tomei um copo de leite. Briguei com meu namorado. Fui pro salão e detestei o cabelo apesar de toooodo mundo no salão dizer q estava bonito. Eu não gosto de loiro branco, loiro kenga não combina comigo. Saí de la chorando e fui na Thay. Depois ja nem ligava mais pra cor do cabelo mas a angústia não passava. Faz vários dias que eu não tomo depakote. Faz 3 dias que não tomo venlafaxina. Voltei a tomar hoje. Faz tempo q não faço atividade física por conta da zika. Não estou de tpm, faltam 23 dias. Inclusive hoje é dia de injeção. Me sinto estranha, como se estivesse deprimindo de fato. Hoje soube que minha vó Fê está na UTI pois está com o coração fraco. Ela tinha voltado pra casa, parecia q estava tudo melhorando. Isso ta mexendo comigo, mas não justifica tanta angústia pois eu tava forte diante do tratamento dela. O casamento é sábado, estou sem vontade de me arrumar, de escolher makes, penteados, tudo parece inútil e sem graça demais. Não consigo parar de chorar. Amanhã vou visitar minha vó. Vou dispensar uma aula, não posso adiar mais essa visita. Tô muito angustiada. Ontem eu estava indisposta mas não angustiada. Queria estar no quarto do Sol, ele sempre arruma um jeito de me fazer rir. Não tenho motivo pra está chorando tanto. Jaja a Liana e o Marcelo vão se casar, preciso me animar... Será que tudo isso por causa de 3 dias sem antidepressivo? Tenho que retornar ao psiquiatra, mas no momento estou sem dinheiro. Meu pai me deu um dinheiro, mas será pra pagar o cartão. Agora tenho que esperar o dinheiro das aulas... essa doença me atrapalhou muito, só me endividei mais comprando remédios e faltando aulas, ser autônomo tem seu lado bom e ruim :/ quero tomar o controle de novo. Espero acordar melhor amanhã. Porque hoje... só lágrimas!

Obs. Ontem dei um tapa, será que isso influenciou? Mas ela me faz tão bem. Porque não existem pesquisas sérias sobre essa relação?

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Zika

Depois da minha mãe, minha vó Fê, minha amiga Thay e minha amiga Nay, agora minha vez, estou ZIKADA.  Nossa como é ruim, começou com uma febre na madrugada da última terça para quarta. Agora (quase segunda) estou bem melhor, tenho um casamento sábado de manhã. Deixei de tomar depakote pra desinchar e fiquei mais inchada tomando novalgina e hixizin direto pra aliviar as dores e as coceiras. Espero que as pintas vermelhas desapareçam até lá. A gente quer se livrar de um problema e aparece outro kkkkkkkk assim é a vida! #)

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Robin Williams

Irônico estar assistindo um filme do Robin Williams na HBO falando sobre suicídio e sobre a vida...

Esquema:

Ritalina 5mg 5mg
Venlafaxina 75mg

domingo, 23 de agosto de 2015

Chega de Depakote

Decidi por conta própria parar de tomar o depakote. A partir dessa noite, eu não tomo mais até o dia 5 de setembro. Vou ser madrinha de casamento e o vestido não está mais cabendo em mim. Cada dia que passa estou mais gorda e inchada! Mesmo fazendo caminhada e academia não consigo emagrecer...

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Angústia

3 horas da madrugada e eu aqui acordada... Tristeza, angústia, pensamentos negativos, vontade de terminar o namoro, crise de choro, morte. Tpm.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Mais Horas No Dia

Dei aula super cansada. Preciso me policiar e dormir cedo. É tão difícil dormir cedo. Agora posso cochilar 1 hora. Ao invés disso, quero ler um livro, preciso ler. Queria mais horas no meu dia. Queria 30 horas no meu dia, eu dormiria 10 e ainda sobrariam 20 horas pra ensinar, aprender, comer, rezar e amar....

Ansiedade

São quase duas da madrugada. Estou no quarto do Sol. Sei que preciso dormir por mil motivos. Principalmente pelo meu transtorno. Talvez eu esteja ansiosa pois amanhã conhecerei uma nova aluna. Sempre fico ansiosa com novos alunos. Talvez eu fique com medo que eles não gostem de mim. Tenho medo de não conquistar a criança.  Pois saber lidar com crianças talvez seja a única coisa que eu realmente saiba fazer. Vou me concentrar agora em dormir. Senão amanhã será mais cansativo do que espero. O dia inteiro dando aulas... à noite vou visitar minha mãe e o Carlinhos se Deus quiser...

Esquema:

Ritalina 10mg 10mg
Cafeína 35mg
Depakote 500mg
Venlafaxina 75mg

domingo, 16 de agosto de 2015

Pai Eu Te Amo

Sempre lutando contra os vícios. Mas esses dias me rendi a dois: o cabelo e a marijuana. Antes de ontem esqueci os remédios, fumei e puxei muitos fios de cabelo. Acabei de chegar da praia. Marzão lindo! Marijuana + sol + mar = paz. Hoje é o aniversário do meu pai. Ele está com a nova namorada no interior do nosso estado. Pelas fotos que eu pedi vi que ela fez uma surpresa linda pra ele. Quero tanto que eles dêem certo. Que ele a valorize e que sejam felizes. Que formem uma família linda e que eu tenha muitos e lindos irmãos! #)

Pai eu te amo!

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Seroquel (quetiapina)

Alguém toma ou conhece alguém que precisa tomar seroquel? Como alguém consegue tomar seroquel todos os dias e ter uma vida normal? Perdão, já ia esquecendo mais uma vez: CADA CASO É UM CASO. Eu tomei esse remédio por uns tempos, depois passei por lítio, depois voltei ao depakote. Porém, na última consulta com o Dr. Carlos, ele me receitou seroquel para tomar quando eu precisasse dormir, e continuasse tomando depakote ER 500mg todas as noites. Ontem eu tomei seroquel, que sempre postei aqui com o nome principal (quetiapina). Meu Deus dono do mundo, PRECISO PARAR DE TOMAR SEROQUEL. Eu tomei porque ja eram duas da madrugada, eu estava muito cansada e não conseguia dormir, estava bem, porém agoniada por não conseguir dormir. E agora to parecendo uma ZUMBI. Definitivamente, eu não funciono com esse medicamento, eu preciso de ânimo, energia, e não de algo que me dope. Esse remédio atrasa minha vida, não posso tomar de jeito nenhum. Preciso lembrar disso sempre: NÃO POSSO MAIS TOMAR REMÉDIO PARA DORMIR, seja qual for. Chega de seroquel, chega de drogas!

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Tapinha

Às 2 e 10 da madrugada pra variar.

Dei um tapinha, não deveria. Tenho que me policiar. Mas tomei meus remedinhos: depakote e venlafaxina.

Drogas Do Dia

Depakote 500mg
Venlafaxina 75mg

domingo, 9 de agosto de 2015

Debate Entre Primos

Saindo da casa da vovó Fê, indo pra casa do Soldado, mesmo sem seCHo não vivo sem ele. Incrível o mal estar que eu sinto sempre depois de discussões. A impressão que eu tenho é que não existe respeito entre opiniões e que sempre querem impor sua verdade. Isso me angustia tanto que evito discutir sobre qualquer assunto. Não é a primeira vez que eu debato sobre o nosso país, e só pelo fato de eu não me sentir representada pelas principais características do nosso país, eu sou chamada de antipatriota. Se eu falo da pobre educação e da rica violência, me chamam de ingênua e dizem que é assim em todo lugar. Você tem que morar em todo lugar pra afirmar isso. Agora usam de argumentos generalistas pois se sentem ofendidos com opiniões contrárias? Ai me poupe... Em todos lugares existem seus problemas, vamos falar o que achamos deles, mas, não vamos esticar a baladeira sobre lugares que não conhecemos. Se eu falo do meu país, é porque eu moro aqui e posso falar sobre o que eu vivo. Quando eu for morar em outro país falarei sobre os problemas de lá. Nenhum lugar é perfeito!

Crise No Namoro

Não sei explicar essa questão. Não nos desgrudamos. Não conseguimos ficar longe um do outro. Eu o acho lindo. Ele me acha linda. Mas não sentimos mais vontade de fazer amor. Ele nunca me disse isso. Eu também nunca disse isso a ele. Mas a gente faz no máximo 1 vez por mês e às vezes ficamos 2 meses sem fazer. Próximo mês faremos 4 anos de namoro. Será que isso é normal? Duas amigas minhas não acham nem um pouco normal. Dizem que sexo é vida e que estamos perdendo tempo em frente a tv ao invés de estar fazendo. Sempre fui muita tarada, mas, os antidepressivos me deixaram mais fria. Hoje em dia só fico molhada assistindo pornô de lesbica. Até fiquei com medo de ser sapatona, pq seria bem difícil pra minha familia. Mas li dia desses numa revista uma pesquisa que dizia que muitas mulheres heteros assistem porno gay. Parece que é porque as mulheres sabem como fazer o negócio direito e os homens pensam que sabem. E agora? Amor sem sexo? Sexo sozinha pra compensar? Traição não rola! Complicado! Conversa feia...

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Encontro com velhos amigos

O dia começou bem. Acordei com energia, mesmo dormindo apenas 5 horas, tomei ritalina, claro. Dei uma aula particular. Fui pra casa e dormi 2 horas. Depois disso fui à depiladora (preciso retomar minha vida sexual). Na volta almocei na Thai, e levei os pimpolhos dela, Thainara e Ismael para tomar banho de piscina. Foi tão legal, tão divertido, fiquei morta de cansada. À noite, fui encontrar o Adrilles Son, meu grande amigo de infância. Somos amigos desde os 11 anos de idade. Ele está morando em Miami, treinando e trabalhando com lutas, um grande sonho da vida dele. Estou muito feliz por ele. Ele é um ser humano maravilhoso. Até aí tudo bem. Porém, lá encontrei o Fernando Sapo. Gente, não existia ser humano mais asqueroso que o Fernando Sapo na época de colégio. Ele era 5 anos mais velho que a gente e ficou uns tempos com minha melhor amiga de infância. Conversamos bastante, e enquanto a gente conversava eu lembrei de muitas coisas da minha adolescência. Como eu sofria. Quer dizer, como eu era burra e me permitia sofrer. Eu andava com as pessoas erradas e valorizava as pessoas erradas. Se eu pudesse voltar no tempo...

Quartinho do Sol

Como é bom estar com ele. O melhor é estar aqui sem precisar estar aqui. Estou porque eu quero e não para fugir da bruxa la de casa. Me sinto em paz sem a bruxa la em casa. Mas hoje vim dormir com ele! ♡ Estou bem!

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Agosto de 2012

Pois então Natt,

Foi nesse mês que iniciei meu atual curso que teoricamente tem duração de 5 anos. Mas, como não sou nada comum, terminarei em 6 anos com sorte. É o terceiro curso que me matriculo na universidade federal do meu estado. O primeiro cheguei quase aos 2 anos de curso. Enfermagem. E o segundo somente me matriculei, não apareci no primeiro dia de aula. Letras. Hoje recebi a informação que os salários dos nossos professores estão caindo absurdamente nesse governo da tia Dilma devido a comparação com os indices de inflação. E sexta feira terá uma assembléia para conversarem sobre a possibilidade de uma nova greve. E aí? Será que me formo antes dos 40?!

sábado, 1 de agosto de 2015

Do Céu ao Inferno

Asha, Incrível, em 24 horas fui do céu ao inferno. O dia estava indo bem, super tranquilo. Fui à praia com Sol, um casal de amigos nossos que adoro com seus dois filhos. A Ta, o To, o Is e a Ta. Foi uma tarde tão agradável. Ver eles dois depois da reconciliação brincando com seus pimpolhos de 4 e 7 anos de idade. Depois veio a noite... e não estava mesmo esperando por essa. Eu fui desconvidada a ser madrinha de casamento do casal de melhor amigos do Sol. Tanta importância eu dei, tanta expectativa eu criei. Fui convidada a me retirar. Isso me deixou decepcionada. Criou mais barreiras entre os meus amigos e os amigos do Soldado. Chorei rios, ontem e hoje. Hoje não estou sentindo tanto sono, mas talvez seja pq dormi até duas horas da tarde. Provavelmente eu demore pra dormir, então acho que precisarei do quetiopina hoje. Tomara q no meu primeiro dia de aula eu não fique parecendo uma zumbi. Qualquer coisa tomo um copão de café na cantina.

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Cansada

Cansada de sentir tanta dor, angústia.  Meu pai acabou de consertar meu carro todo e agora estou no meu quarto chorando. Estou triste pois o pai das minhas alunas me ligou hoje desmarcando tudo. A esperança que eu tinha de ter minhas aulas em casa nesse semestre, de organizar meus estudos, de me dedicar na faculdade. Estou com muito medo de não conseguir. Medo de ficar chorando durante as aulas, de ficar zumbi durante as aulas. Estou com muito sono. Tenho que orar muito. Pedir forças a Ele, pra não desabar de novo. Não posso mais perder tempo. Preciso me formar. Preciso de dinheiro. Preciso trabalhar. Às vezes tenho vontade de ir me embora ser babá nos EUA... sei que seria feliz no pouco. Pelo menos eu acho...

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Uma Quarta Qualquer

Olá Asha,
Hoje eu respirei fundo com as broncas do meu pai em relação ao carro. Estava com ódio por dirigir meu carro o dia inteiro sem ar condicionado. Disse que era pra eu ja ter visto isso. Pior que não tenho desculpa, estava na minha lista de afazeres das férias, mas, meu lado TDA da procrastinação falou mais alto, e eu não fiz, nem adianta eu dizer isso pra ele, que ele não entende, e vai ficar como desculpa esfarrapada, so quem é tda entende mesmo. Mas, não me deixei abalar. Passei o dia inteiro sonolenta, talvez pelo quetiapina de ontem. Pense num remédio pra deixar você lento e zumbi. Estou preocupada pois hoje é o segundo dia sem depakote. E o primeiro dia sem venlafaxina. Ainda bem que o ritalina eu ja tratei de comprar. Pior que esqueci as receitas na casa do Soldado e tenho q ir la buscar. Não que eu não queira ir, quero demaaais, mas, queria dormir em casa amanhã pra fazer companhia ao meu pai que está nessa nova e maravilhosa fase sem a bruxa Gereraca.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Zumbi

Às 0:58 horas, casa do pai.
  Tomei 25mg de quetiopina (seroquel) há mais de uma hora. Estou parecendo uma zumbi. Segurando minhas pálpebras com toda força. Se eu fosse uma cobra ja teria dormido há tempos, ja que meu esforço em abrir as pálpebras seria em vão. Não entendo pq dr. Carlos me passou quetiopina além de depakote. Ele disse tome quando precisar dormir cedo. Mas a primeira vez que ele receitou o quetiopina ele disse q seria como substituto do carbolitio e do depakote. Hoje é o segundo dia que estou sem tomar depakote. Acabou. Já estou com a receita mas pra variar ainda não fui comprar. Aquela famosa procrastinação, um dos milhares de pequenos problemas que enfrento. Me senti angustiada hoje, talvez seja psicológico. Não estou de tpm, estou no 4o dia do ciclo. Meu pai foi encontrar com a, se Deus quiser, nova namorada dele. Nossa, que sono. Incrível como a quetiopina derruba até o mais potentes como Sol e como minha amiga Thay Barreto. Amiga da minha idade, mãe de 2 filhos e super enérgica!!! Amanhã provavelmente eu tenha que levantar cedo. Credo!

Papai

Às 21:13 horas, casa do pai.

Não vou permitir mais uma vez que meu pai mude meu humor. Eu nunca vou conseguir agradá-lo. Tenho que ter em mente que somos pessoas diferentes e de personalidade bastante diferentes, com uma diferença de idade de apenas pouco mais de 15 anos. Então... vou respirar fundo... ele é meu pai. Ele me ama, não importa o que eu faça ou deixe de fazer, não importa suas broncas, suas grosserias e seu jeito insensível. Ele é meu pai e será pra sempre meu pai.

terça-feira, 28 de julho de 2015

Promessas e Expectativas

Às 16:41 horas. Casa do Pai.

Estou pensativa sobre esse semestre que se aproxima. Tive um mês para colocar em dia todas as minhas pendências, mas, como um ser desorganizado e TDAh que eu sou, não consegui resolver um décimo. Arrumei o escritório para receber meus primeiros alunos, já pensei em um nome bacana, estou com muitas expectativas quanto a isso. Já em relação a faculdade, estou muito temerosa, me matriculei em 8 disciplinas e somente 6 foram aceitas. O mesmo número que no semestre passado onde perdi três cadeiras. Preciso focar e fazer de tudo pra esse semestre dá certo. Já estou perto dos 30 anos... preciso me formar, como eu preciso...

domingo, 26 de julho de 2015

Quanto você ganha?

Eu amo minha vó Fê. Sei que ela me ama também. Mas, incrível como ela consegue me deixar mal com seus comentários. Sempre falando daqueles que se deram "bem" ou seja, sempre falando dos netos que ganham dinheiro, que já se formaram ou que já compraram casa, carro, etc... De que adianta ela vir com esse papo pra cima de mim? Eu posso mudar o passado? Posso acelerar o futuro? E agora... ela fica perguntando sobre meu namorado, sobre o trabalho, sobre a faculdade dele...

Casa da Sogra.

Agora estou um pouco mais calma, refleti muito sobre esse situação que já é recorrente. Essa super valorização daqueles que que ganham em detrimento dos que fazem o bem. Quanto mais eu penso sobre isso, mais eu acho que não sou desse mundo. Não consigo viver uma vida pensando só em mim e no meu sucesso pessoal. Sei que devo buscar meu lugar no mercado de trabalho, vivo num país capitalista onde eu preciso de capital para sobreviver óbvio. Mas essa competitividade e essa vida cada vez mais estressante que estão querendo nos submeter nunca vai ser algo no qual irei me adaptar. Nunca vou me adaptar a essa realidade e sei que vou sofrer muito com isso. Não quero uma vida de viver em busca do dinheiro. Quero uma vida livre e leve, uma vida que eu possa ser feliz no pouco e que eu consiga fazer feliz o máximo de pessoas possíveis. Quero servir. Quero ajudar.  Quero amar...

Voltando a minha vovó, às vezes penso em andar menos na casa dele pois saio de lá me sentindo mal, me sentindo um ser inferior. Mas ela apenas reproduz o mundo que vive, e como ela se preocupa, ela precisa ver a minha adaptação a esse mundo para ficar tranquila. Quanto ao meu namorado, tenho dúvidas sobre o futuro dele, pois ele mesmo tem dúvidas. Ele tem dificuldades para manter o foco e para se dedicar aos estudos e não luta com tanta garra pra modificar isso, em contraposição ele está buscando um novo ramo profissional que possa ganhar melhor, está pensando em morar sozinho, assuntos para outros momentos. Meu namorado também tem tdah. Preciso ser forte diante desse preconceito grande que existe por eu ainda não ser formada, morar com o pai, ter 27 anos e não ter trabalho fixo. Pra muitos eu sou inferior por isso, já pra outros, anjos, grandes amigos, eu sou especial somente por existir.

Esquema:

Ritalina 20mg
Depakote 500mg
Venlafaxina 75mg

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Dia Tranquilo

Às 17:33h.

Dia em paz. Ontem fui para um envento católico que tem todo ano na minha cidade, são 5 dias com música entre outras atividades. Fui com minha amiga Catarina Maria, minha grande amiga por sinal. A Cat foi dirigindo meu carro, pois eu já estava bem cansada. Dormi na casa da Cat, amo a tia Rosa, a mãe dela, que por sinal tem o mesmo nome que a minha. Vim logo pra casa arrumar a bagunça de ontem do meu pai. E vim correndo toda feliz. Nem acredito que eu voltei a ser a "dona da casa". Isso me deixa em paz. Livre da cobra Gereraca. Ontem, tomei minhas drogas direitinho.

Esquema:

Depakote 500mg
Venlafaxina 75mg
Ritalina 5mg

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Angústia e Paz

9h Minha Cama.

Ontem à noite foi um pouco estranho, senti um pouco de angústia, um pouco de vontade de chorar e um pouco de enjôo. Mas, ao mesmo tempo, sabia que não tinha motivos para estar com essa sensação ruim, pois estava sentindo uma paz só de pensar nesse recomeço, onde posso me sentir agora de volta realmente ao meu lar, ao lar do meu pai. Como assim? Bom, é que são 6 anos de vida de Cinderela. Não, eu não sou, nem nunca fui escrava de ninguém, mas tinha uma madrasta mais malvada do que a madrasta da Cinderela. Incrível como esse nome cai bem. MÁdrasta!!! Não vou perder muito tempo falando dela. A única coisa que eu posso dizer é que eu sentia uma mistura de nojo e pena por um ser tão egoísta, tão cruel, tão  vulgar, tão fútil e tão materialista. Apesar da vontade de chorar, não chorei. Na verdade, chorei sim, apenas uma vez, quando vi uma reportagem mostrando cachorrinhos sendo abandonados na cidade de Macaé. Triste! Eles não merecem isso... ps. Onde fica Macaé?

Esquema:

Depakote ER 500mg
Venlafaxina 75mg
Ritalina 5mg

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Crise de Choro

13h  Casa do Pai.

Ontem à noite, tive uma crise de choro. Motivo: meu cunhado Lucas estava fazendo sanduíches com a esposa dele, como não encontrou fósforo na cozinha, logo imaginou que o  Soldado Meteoro havia pego. Então ele foi la no nosso quarto e pediu um fósforo ou isqueiro. Me senti muito constrangida. Será que ela pensa que eu fumo também? Será que a Dara, esposa dele, pensa que eu fumo também? Não queria que eles pensassem isso. Apesar de eu saber que a maconha é uma droga inofensiva perto da bebida, eu ainda sofro com o preconceito da sociedade em relação a quem usa. E meu Sol usa. O problema não é usar. É o quanto ele usa. Todo dia. Todo santo dia! Isso me incomoda, me angustia. Ontem esqueci de tomar DEPAKOTE e VELANFAXINA. Será que foi isso que me deixou tão sensível?

domingo, 19 de julho de 2015

Ritalina Duplicado

Hoje de manhã foram 5mg de Ritalina pra tentar me levantar. Nada. Depois mais 5mg de Ritalina. Nada. Depois mais 10mg. Nada. Realmente... Não sou normal. Sofro de preguicite aguda, então é melhor eu me matar antes que o mundo me mate. Ops... lembrei de algo. Ontem tomei QUETIAPINA (seroquel). Ela me deixa molenga, talvez por isso os ritinhas não tenham funcionado. Ontem esqueci de tomar as duas principais drogas: depakote e venlafaxina.

Drogas e mais drogas

Estou deitada de barriga pra cima, olhando pro teto e pra minha barriga. Nos últimos 3 meses engordei bastante, mas, nesse último então nem se fala. Estou achando que um dos efeitos colaterais do DEPAKOTE, é o aumento do apetite, pois, não consigo parar de comer. Não tive coragem nem de sair de casa pra ver meu Sol pegando umas ondas. Preciso me cuidar. Preciso cuidar da minha saúde. Que saúde? Kkkkkkk Tenho que pensar mais na minha saúde física, ja que a minha saúde mental não dá sinal de vida. QUETIOPINA (seroquel) me dava muuuuuito sono. O CARBOLITIO me deixou mais inchada do que a Preta Gil. E agora esse DEPAKOTE me da uma fome. Preciso voltar a me exercitar, senão morro antes do esperado. Amanhã, lá vou eu no Dr. Carlos, pegar receitas. Não vou me consultar, infelizmente não posso pagar 250 reais todo mês. Minha sorte é ter o meu pai ainda me ajudando nessa. São muitos anos de drogas. Sonhando com o dia que deixarei de ser escrava delas.

sábado, 18 de julho de 2015

Marijuana

Conheci nossa amiga em minha segunda fase hipomaníaca, foi em 2010, eu tinha 22 anos de idade. Eu conhecia um garoto da época do meu terceiro ano e resolvi me reencontrar com ele, eu sempre achei ele lindo e minha auto-estima estava no auge. A gente ficou no segundo encontro e foi então que ele me contou sobre ela. Me contou e dias depois me ofereceu. Através desse garoto, Fernando, eu conheci muitas pessoas que usavam a maconha, e entre essas pessoas, conheci meu atual namorado. Posso dizer que hoje estou com sério  problemas relacionadas a essa droga. Não, não estou viciada, não tenho dependência afetiva a ela. Mas meu Sol está dependente dela até o último fio de cabelo, só não quer admitir. São quase 4 anos de namoro e quase 4 anos que vejo meu namorado usando maconha todos os dias. Sensação de impotência e tristeza.

Esquema:

Ritalina 15mg
Depakote 500mg
Venlafaxina 75mg

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Medo

Estou triste e com medo do que me espera no próximo semestre. Mas, não é isso que está me fazendo chorar nesse momento. Estou angustiada, cansada e triste. Finjo não ligar mais para as superficialidades e futilidades do mundo que me cerca. Mas ainda me incomoda aquele olhar de desaprovação. Aindam me incomodam aqueles seres que vivem para falar mal dos outros, ao invés de ajudar. Queria fugir. Não sei se fugindo essa dor passaria. Mas eu queria. Não estou nem na metade da vida, e não sei se dou conta. Não sei se vou conseguir como eles querem. Vou tentar. Acredito que meu Soldado estará do meu lado, não consigo me imaginar sem ele. Eu queria tanto ser "normal". Queria tanto... Preciso continuar pelas outras pessoas, não posso ser egoísta. Não estou sozinha no mundo. Estou perdida como sempre. Como sempre perdida.

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Remédios ou Coincidências?

Olá Natt,

Ontem (terça) esqueci de tomar o depakote e a venlafaxina. Tive um dia angustiante por conta das queixas da minha mãe. Como sempre reclamando da vida, como sempre falando dos outros. Mas minha noite não terminou mal, fui prestigiar minha tia preferida no seu aniversário de 48 anos. Ela estava lindíssima, esbanjando saúde. E fiquei sabendo que ela está de paquerinha, tô muito feliz. Meu soldado foi comigo, ele também a ama muito. Foi divertido estar com a família dela, rimos demais com minhas primas e seus respectivos maridos e namorados. Fui dormir quase 3 horas da manhã. E acordei umas 9h, com ajuda do ritalina é claro. Mesmo dormindo a tarde, me senti cansada o dia inteiro. A noite me senti triste, não gosto de ver a situação da minha mãe, e a forma como ela está conduzindo sua vida, sem expectativas, sem sonhos, sem projetos, apenas esperando pelos outros, ou um milagre do céu. Ninguém ganha na loteria sem jogar. Isso é fato. E de que adianta rezar o terço todo dia e não refletir sobre sua própria vida? Isso é mecanicismo puro, isso não é religião, é superstição, isso é triste. Bom, o fato é que quando deixei aquela casa eu fiquei bastante triste e chorei muito, não sei se a minha fragilidade foi por ter esquecido o medicamento, ou se, de fato consequências de não ter lidado bem com os fatos.

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Cheiro de Hipomania no Ar

Leve sensação de uma fase hipomaníaca se aproximando, mas, creio realmente que seja uma falsa sensação pois estou sentindo sono como sempre tods os dias principalmente pela manhã. Acho que essa sensação advém do fato de eu estar de férias da faculdade, e isso me dá a liberdade de fazer o que eu quiser e principalmente ler o que eu quiser. Outro possível motivo de eu estar me sentindo melhor foi a mudança do medicamento. Meu atual psiquiatra, Dr. Claudio Porto, está indignado comigo por eu ter perdido três cadeiras da faculdade. Pela primeira vez desde que iniciei esse curso, foi a primeira vez que reprovei, e como nunca tinha tirado nota baixo, ele ja sabia, foram 3 reprovações por falta e não por nota. Ele perguntou pq não estava dormindo cedo ja que tinha me passado 25mg de quetiopina (seroquel). Eu respondi que quando tinha que estudar e precisava virar a noite, obviamente não tomava. E ele então mudou a medicação, me receitou o mesmo remédio que tomei quando fui a primeira vez em seu consultório há mais ou menos 5 anos atrás, o depakote ER.  E estou tomando há aproximadamente, sinceramente não lembro, vou olhar quantos comprimidos faltam pra dizer a data precisamente. Nesse momento, estou me sentindo bem, nada exagerado, mas em paz, porém como sabemos, quem vive sente dor, quem não sente dor é pq já morreu, então nem tudo é perfeito. Minha vovó amada está internada. A primeira vez q ela se interna na vida, depois de idosa, pq ela é casca grossa, super ativa, manda em tudo e em todos. Ela é uma fofa. Vovó Fê eu te amo muito. Estou indo jaja visitá-la, ainda não descobriram o problema do formigamento nas suas pernas. Estamos esperando o melhor. Estamos com fé.
Esquema de Ontem:
10h
Ritalina / 10mg
20h
Venlafaxina / 75mg
Depakote / 500mg
Quetiopina / 25mg